quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

ECOCARDIOGRAFIA PEDIÁTRICA (por ECOKID)





O MÉDICO DE SEU FILHO(a) RECOMENDOU A REALIZAÇÃO DE UMA ECOCARDIOGRAFIA.

ESTE EXAME PODE LEVANTAR-LHE ALGUMAS DÚVIDAS.
AQUI TENTAMOS RESPONDER A ALGUMAS DESTAS QUESTÕES.
01
O que é a ecocardiografia com Doppler e com Doppler colorido?


É um exame de ultrassom que permite ver e analisar o coração em movimento, as válvulas cardíacas e os principais vasos que chegam e saem do coração. Através do ecocardiograma é possível detectar malformações do coração e alterações de sua função. As imagens em preto e branco definem a forma do coração. O som dos batimentos são captados através de curvas de Doppler, onde se mede a velocidade do sangue nas várias válvulas e artérias. As imagens coloridas são a representação do sangue circulando: o vermelho é o sangue que se aproxima da sonda e o azul é o sangue que se afasta da sonda. Isto se chama Doppler colorido ou mapeamento de fluxo em cores, que significa fluxos entrando e saindo do corações e sempre em direções opostas.
02
A ecocardiografia pode prejudicar o bebê ou a criança?


Não. Os exames de ecocardiografia realizam-se sem perigo há mais de 30 anos, não tem radiação e não causam nenhum tipo de dor.
03
Posso levar acompanhantes?


Os acompanhantes são bem-vindos desde que permaneçam em silêncio na sala e mantenham os celulares desligados, para não prejudicar a concentração do médico. Lembrar que o coração é um órgão pequeno e de alta complexidade anatômica, sendo necessário muita concentração para analisá-lo corretamente. Acompanhantes crianças deverão manter-se sentadas com os pais e em silêncio. Limita-se o número de acompanhantes em no máximo 2 adultos para evitar aquecimento da sala.
04
O exame precisa de algum preparo especial?


Sim. Para bebês e crianças até 3 anos, pede-se jejum de 1 hora e meia a 2 horas pois o exame começa com a colocação da sonda na região abaixo da costela e sobre o estômago, sendo necessário uma leve compressão, com o objetivo de “fotografar” o coração de baixo para cima. Grandes quantidades de leite ou alimentos no estomago poderão causar desconforto na criança e dificultar a passagem das ondas de ultrassom. Pede-se que não seja oferecido alimentos para as crianças na sala de espera. Para pacientes maiores e adultos não há necessidade de nenhum preparo especial.
05
Há algum outro cuidado que devo tomar?


Como o funcionamento do aparelho exige uma temperatura em torno de 20 a 23ºC, a sala em geral é mais fria que a sala de espera, sendo importante manter a criança com pernas e braços aquecidos. Após a retirada de toda a roupa da cintura para cima, é recomendável que se vista um casaco com abertura na frente ou enrole a criança em uma manta, deixando apenas a região esquerda do tórax exposta. Gorros e luvas são bem-vindos para bebês. 
06
É possível desligar o ar condicionado ou elevar a temperatura da sala?


Infelizmente não. Os aparelhos de ecocardiografia liberam muito calor internamente quando trabalham e há risco de queima de placa se houver aquecimento. Como existe um gráfico de temperatura dentro dos aparelhos, qualquer dano decorrente de se trabalhar em temperatura acima da recomendada pelo fabricante, há perda da garantia.
07
Quais são as etapas da ecocardiografia?


A criança deverá ser sempre acompanhada da mãe ou outro familiar para a sala de exame, que vai posicioná-la em cima da maca e iniciar a retirada da roupa da cintura para cima. No caso de crianças pequenas, a mãe poderá sentar na maca perto da criança ou deitar de lado, encostada na parede e junto com a criança, pois isto lhe dará maior segurança. O exame começa com o médico passeando a sonda suavemente na barriga do bebê, passando para a região esquerda do tórax e terminando com a análise dos vasos da região do pescoço. A imagem do coração vai aparecer na tela da televisão e o exame durará entre 15 a 45 minutos.
08
O choro ou agitação da criança atrapalham o exame?


Sim, o choro e a agitação atrapalham muito o exame por duas razões:
1) O balanço do tórax dificulta ou torna impossível a realização de medidas das estruturas cardíacas;
2) A voz da criança chorando é capturada pelo aparelho por ser mais forte que o som do coração e o registro do Doppler das válvulas cardíacas não nesta situação não é possível.
09
Como devo agir nesta situação?


Em caso de agitação e choro, é muito importante que os familiares mantenham-se calmos. Todos os recursos para acalmar a criança serão usados pelos médicos da clínica, que tem muita experiência nesta situação. Um recurso frequente usado mundialmente é colocar um pouco de xarope doce (groselha, raspberry sirup) em um copinho para molhar a ponta da chupeta. Caso o bebê não use chupeta, uma gaze enrolada a substitui. O seio materno ou mamadeira poderá ser liberado após a primeira parte do exame. A voz da mãe cantando canções de ninar é milagrosa, portanto mamães, não fiquem inibidas e soltem a voz!
10
Como o médico age na situação de choro?


As mães deverão entender que o médico terá períodos que ficará em silêncio analisando o coração. Isto não significa que o mesmo não está dando atenção para a criança. A parceria ideal é que os pais confortem a criança para que o médico possa prestar atenção nas medidas que deve realizar.

Por norma de segurança, a clínica não usa sedativos em crianças agitadas para a realização do ecocardiograma, pois como há risco de parada respiratória, isto deve ser feito apenas em último caso e em ambiente hospitalar.
11
Todas as crianças devem fazer a ecocardiografia?


A ecocardiografia tem sido cada vez mais solicitada pelos médicos e pediatras, nas seguintes situações:
a) suspeita de sopro;
b) liberação para cirurgia com anestesia;
c) liberação para exames com anestesia geral;
d) liberação para a prática esportiva;
e) como um check-up de rotina na infância;
f) em casos de cardiopatias congênitas na família: irmãos de cardiopatas ou filhos de pais com doenças cardíacas congênitas;
g) crianças portadoras de doenças genéticas.
12
Quando é que vou saber o resultado?


Assim que terminar o exame, o médico vai para a sala analisar os dados e preparar o laudo, que será entregue entre 15 a 30 minutos, dependendo do grau de complexidade. Caso a criança tenha seu cardiologista, nenhuma pergunta poderá ser respondida na sala de exame pelo médico que realiza o ecocardiograma. Por questões de ética médica, o médico que realiza um exame de imagem não deve dar opinião sobre o caso após a realização do exame (ecocardiograma). Isto será feito pelo cardiologista do paciente que solicitou o ecocardiograma. Portanto, embora possamos entender a ansiedade dos pais em muitas situações, pedimos encarecidamente que evitem perguntas do tipo: “está tudo bem doutor?”, “Melhorou ou piorou?”, etc. Embora pareça uma pergunta simples, a resposta exige a avaliação de muitos fatores, e qualquer opinião superficial poderá prejudicar o paciente.
13
Em que situação o médico da Ecokid vai explicar o resultado do exame?

A explicação e interpretação do resultado só será feita caso a criança não tenha cardiologista e uma consulta de avaliação/orientação tenha sido solicitada na recepção antes do exame e esteja sendo feita junto com o ecocardiograma.


Fonte: < http://www.ecokid.com.br/destaque_full.php?d=2 >

Um comentário: